sexta-feira, 11 de junho de 2010

No dia dos namorados....

Decidi encontrar a Lu. Afinal, o que eu tinha a perder? A garota que eu queria pegar mais nunca tinha visto pessoalmente? Acho que eu sobreviveria a isso. O máximo que podia acontecer era eu ter de voltar a pé para casa, o que daria uns 16km e uma certa tensão pela falta de segurança da cidade, mais fora isso...
O problema era esperar até sábado a noite, levando-se em consideraçao minha falta de fidelidade mental. Na verdade acho que nunca vou ser mentalmente fiel, e nem acredito que alguem seja, por mais que ninguem admita isso, preferem ser fiés por completo, aham, senta lá claudia. Qualquer bipide racional com uma beleza minima atrai a minha atençao, e a garota da vez era a Raquel...Ahhh Raquelzinha, ela é do tipo mais velha, experiente, charmosa, do tamanho exato que se encaixa no abraço, com aquela boquinha fininha e delicada que esconde um sorriso fofo e um rosto harmonioso e claro perigosamente hétero. Não que o fato dela ser hetero me incomode, nem um pouco na verdade, o que me incomoda é não conseguir investir nela por esse detalhe. É algo como um bloqueador, não consigo investir direito, tenho medo de fazer algo e ela ferrar tudo (esclarecendo, ela paga matéria na minha sala, e boa parte da minha familia/amigos estudam lá ¬¬º), mais enfim como essas são as ultimas semanas dela lá(eu acho) vo da uma investida consideravel, entre uma prova e outra quem sabe né!
Quanto a Lu, bom vamos ver né, prefiro não criar expectativas, esse negocio do amigo dela ficar falando pra ela me ligar, pra ela me mandar msg, pra ela... enfim broxei um pouco, até domingo me decido com ela! Enquanto isso fico acompanhando a copa e me preparando para as provas da facul, quem sabe não encontro a raquel entre tudo isso. Ia ser bom.

Um comentário:

  1. hashauh Fidelidade mental! euri!

    Pega a Raqueeeeeel!! =D

    ResponderExcluir